sexta-feira, 26 de outubro de 2012

A filmagem inesperada

(Histórias da minha formatura - I)

As formaturas de mestrado em Leiden são individuais - ou seja, cada formando tem um horário específico para o seu próprio momento. 

Depois da formatura de três dos meus colegas, às 11h30 de quinta-feira foi a minha vez de sentar-me frente à frente com o professor Rudy Andeweg e da orientadora da minha dissertação, professora Daniela Stockman. Eu tinha 15 minutos. Contados.

Do lado da mesa onde eu estava sentado, Roeland, amigão que conheci aqui na Holanda no ano passado, fazia a transmissão ao vivo pelo meu celular por Skype para minha mãe no Brasil. Ela acordou às 6h e pouco para acompanhar tudo, por causa do fuso horário.

Durante o discurso da professora Stockman, que fazia ao mesmo tempo um discurso geral sobre as habilidades de um cientista político, ela citava trechos da minha dissertação sobre as emendas parlamentares na relação entre Executivo e Legislativo no Brasil. Estava tão bonito e interessante o discurso que eu, que penso volta e meia em mil coisas ao mesmo tempo, começava a lamentar o fato de que não tivéssemos lembrado de filmar também. Formaturas não se filmam mesmo?

Só que não.

Terminada a cerimônia, dirigiu-se a mim um senhor com uma câmera profissional na mão e me disse: 

"Parabéns pela formatura".

"Obrigado!", respondi sem saber quem era.

"Filmei tudo. Temos uma câmera profissional e, se tudo deu certo, a qualidade ficou super boa" (veja à esquerda na foto). 

"Sério?!", disse sem acreditar.

"Sim... sou o padrasto da Anastasia, sua colega, prazer". Ela tinha recebido seu diploma um pouco antes de mim. "A câmera é da mãe dela, ela usa profissionalmente".

"Maravilhoso, muito obrigado!". 

"Vai levar uns dias para ficar pronto, mas vamos gravar num DVD enviamos para você".

E, assim, quando estiver pronto e gravado em um DVD, vou legendá-lo e postá-lo aqui para que vocês também possam assistir. Estou super curioso. E extremamente agradecido por mais essa surpresa inesperada. Tão bom quando pessoas têm essas iniciativas assim, do nada. 

Tão querido! :) 

Obrigado!

-

Crédito da foto: Gijsbertus van Hattem
Publicação original: http://on.fb.me/SGCBye

Nenhum comentário:

Postar um comentário