terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Criador do Facebook hackeado - em sua própria conta no Facebook

E Mark Zuckerberg foi hackeado.



O criador do Facebook, que tanto diz garantir a inviolabilidade dos dados dos seus usuários, acaba de ser hackeado.

Fotos dele fazendo sushi, com uma galinha na mão (por que cargas d'água, sabe-se lá) e junto com Obama foram retiradas de seu próprio perfil e foram parar na rede.


Meu perfil no Facebook é aberto, público. Não quero ficar me estressando ao decidir o que deve e o que não deve ser público do que posto no Facebook.

Se tem algo que é apenas para meu próprio consumo ou dos mais próximos, tenho uma política bem rígida de privacidade: não posto no Facebook, não digo no Twitter. Nem mando e-mail e, se der, não falo no telefone.

Simples!

Exemplo perfeito: digitou, uploadeou, postou... tá na rede? É público!


As preferências da sua conta são puro enfeite. 

Senha? É bom para ninguém ficar entrando o tempo todo na sua conta, mas descobri-la é como abrir porta de carro trancado estacionado na rua: o bandido querendo, com as mais simples das ferramentas ele viola.

E as ações do Facebook depois dessa? o.O

E o Sr. Google, aliás... Queria tanto que ele parasse de ler meus emails por sobre meus ombros!

Ou que ele parasse de só dar respostas que ele acha que seriam interessantes para mim e me desse algumas diferentes de vez em quando. Até mesmo pelo bem da ciência.



Nenhum comentário:

Postar um comentário